Universidade do Minho    
 
  Universidade do Minho
http://www.adb.uminho.pt
 
imprimir   fechar
 
Vida 




Nasceu em Braga, na rua do Souto, em 30 de novembro de 1720 e foi batizado na igreja de São João do Souto no dia 3 de dezembro. Filho de João Soares da Silva e Izabel Ribeira, foi o quarto filho dos cinco que o casal teve: Antónia, Maria, António e, depois de André, Apolónia.
Aos 16 anos, em 15 de abril de 1737, requereu processo de inquirição de fraternidade, uma vez que seu irmão tinha já requerido inquirição de genere dois anos antes, e alcançou ordens menores. No entanto, não seguiu a vida religiosa. Em 2 de junho de 1738 alcançou provisão de carta de fechação para servir como ecónomo da capela de Santo António do Campo de Touros.
A mãe recebeu do irmão, Francisco Ribeiro da Silva, por testamento, a quantia de cinco contos de reis para instituir um vínculo em seu favor e de seus sucessores. André beneficiou das rendas provenientes deste vínculo, assim como das rendas das propriedades que foi adquirindo, o que lhe proporcionou uma vida financeiramente desafogada.
Em 19 de dezembro de 1763 foi eleito secretário da Irmandade de S. Miguel-o-Anjo e, em 1765, foi eleito carturário. Em 1766 tornou-se irmão da Irmandade de Nossa Senhora da Boa Memória. Mais tarde, em agradecimento e paga de um trabalho, foi convidado para ingressar como irmão da Confraria de Santo Amaro e, em 1768, propôs-se para secretário da Irmandade do Santíssimo Sacramento da Sé, na qual se manteve até julho de 1769.
Faleceu em 26 de novembro de 1769 com apenas 48 anos.



mais informações em 


Ligações 

André Soares e o rococó do Minho
Tese de doutoramento de Eduardo Pires de Oliveira (Faculdade de Letras da Universidade do Porto, 2012).


Programa das Comemorações André Soares



André Soares em programa da TSF Podcast do programa da TSF "Encontros com o Património" emitido no dia 1 de março de 2020, com Vítor Serrão, Francisco Vieira da Silva e Eduardo Pires de Oliveira. Entrevista conduzida por Manuel Vilas Boas. (Duração aprox. 44 min)

  © 2020, Universidade do Minho